3 Opiniões

  1. Grande
    Clarismar,

    Com esses dizeres você conquistou minha admiração.
    Eu não sabia que era tão profundo conhecedor dos muares, e também como se dava o fruto do cruzamento do Equus asinus x caballus. Fiquei enriquecido com a sua explicação. Meus sinceros parabéns!
    Tem razão sobretudo quando diz que existem qualidades (ou defeitos), inerentemente humanas, sendo imprópria a personalização dessas. Sem qualquer intenção subjetiva, ilação ou correlação, como podem pretender alguns, cito como exemplo que aos animais não assiste serem honestos, éticos, educados, bem intencionados, solidários, coerentes e por aí vai.
    Animais são animais, e pronto.
    Porem o seu respeito por eles nos revela que, no mínimo, você tem bom coração. Tenho em alta conta as pessoas que respeitam os animais. Para mim a bondade precede a todas às outras qualidades. A razão e a inteligência não tem qualquer valor quando destituídas de amor e bondade. Os animais são indefesos e muitas pessoas os tratam com crueldade extrema.
    Parabenizo, porém, ainda, o autor da ideia de postar matérias de humor no nosso site para que possamos também nos divertimos ao invés de a todo momento lembrar os momentos infelizes que passamos.
    Ótimo. Que procure mais charges e coloque no site. A vida não é só tristeza. Mas atenda aos pedidos do nobre amigo, respeite os muares, que nada tem a ver com a história.
    Abs,

  2. heber

    É… quando a gente pensa que o ser humano tá pior que o animal, dá o que pensar.

  3. Clarismar Fernandes dos Santos Júnior

    O BICHO ‘PELEGO’

    Deixo aqui minha sincera crítica ao elaborador da imagem que tem o titulo de: O BICHO ‘PELEGO’.

    Sou um singelo apaixonado e criador de muares!

    Não gostei de pelo menos sonhar em uma comparação destes animais tão carinhosos e verdadeiros com uma pessoa com estas qualidades tão subservientes.

    Solicito assim, que seja trocada a imagem do animal, que dizem ser irracional, e façam o desenho de um Ser Humano colocando, neste, as características pré-estabelecida para o BICHO ‘PELEGO’ ou melhor ainda que se dê nome ao animal racional. E que não mais tenham a infeliz ideia de efetuar nova comparação com um muar que é todo animal pertencente à raça dos mulos, produto híbrido do cruzamento entre asininos (Equus asinus) e eqüinos (Equus caballus). Quando o jumento fecunda a égua, o macho resultante desse cruzamento é denominado burro, mulo ou mu, e a fêmea, besta ou mula. Se a jumenta for fecundada pelo garanhão, o que é raro, o macho é denominado bardoto ou asneiro, e a fêmea, bardota ou asneira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>