Destaque, Geral

PRESIDENTE DA ASFETO VISITA SUPERINTENDENTE E DIRETOR DA RECEITA

wanderley--superintendente-caubyNa manha desta terça-feira, 03, o Diretor Presidente da Asfeto, Wanderley Noleto esteve no gabinete do Superintendente da Administração Tributária, Marco Antonio da Silva Menezes. Na agenda foram tratados diversos assuntos da categoria fiscal, segurança, condições de trabalho, insalubridade, dentre outros.

De acordo com o Superintendente Marco Antonio é notório os problemas de infraestrutura  nos diversos locais de trabalho dos Auditores Fiscais,  mas que juntamente com a Superintendência de Administração da Secretaria da Fazenda já está em andamento mapeamento e estudo para priorizar investimentos e reformas nas unidades fiscais e que outros assuntos serão analisados.

wanderley-diretor-receita-caubi-helderNa sequencia, Wanderley Noleto foi recebido pelo Diretor da Receita, Paulo Augusto Bispo de Miranda, que ao ressaltar os assuntos elencados com o Superintendente, mormente, as dificuldades nos ambientes de trabalho, oportunamente, informou que determinou aumento imediato do efetivo de Auditores nos plantões do Posto Fiscal de Couto Magalhães.

Nestas reuniões, estiveram presentes o filiado da Asfeto, Auditor Fiscal Caubi Peixoto e o Diretor de Cobrança e Recuperação do Crédito Fiscal, Helder Francisco dos Santos.

3 Opiniões

  1. Sérgio Rocha Lima

    Meu caro(querido) amigo Wanderley,resolvi quebrar o silêncio auto-imposto para parabenizá-lo por tua colocação de problemas que nos aflingem no nosso árduo e perigoso trabalho. Diferentemente do que alguém possa pensar…eu não tirei um mês de licença médica,só para passear (nesse referido mês perdi o redaf),também não foi para me aposentar(perderia mais dinheiro ainda). A verdade foi que adoeci dos nervos,após vinte e poucos anos fazendo acompanhamentos ou perseguições sempre na companhia de policiais. Essses 4 anos ou mais que retiraram nosso apoio policial,eu não resisti e procurei mais ajuda médica,pois,não quero ser descortêz com ninguém. Também nunca acusei o delegado ou o supervisor da minha regional por uma responsabilidade que não eram deles.Estou trabalhando em plantão fiscal(interno) e agradeço a meus superiores. Quando voltar o policiamento nos postos fiscais preferiria ir para lá,pois,eu era muito operacional. Deletei minha rede social ‘WhatsApp’ e bloqueei o facebook,pois,com o humor instável como estava,eu poderia ofender/magoar alguém. Lembrando…procurar ajuda médica não é ‘feio’ ou sinal de fraqueza/covardia,mas,é reconhecer que somos humanos e devemos procurar ajuda, enquanto é tempo. Sei que saio um pouco de cena,mas,é melhor ser bem lembrado do que mal lembrado. Agradeço o apoio do colega e de outros vários que me deram e dão-me apoio e aos que me desejam o mal,eu oro para que se convertam do seu mal e sigam o que disse Jesus(eu não estou dizendo para alguém ir para denominada igreja,pois,existem muitas denominações) :’amai o teu próximo como a ti mesmo’. Novamente,agradeço-vos a todos vcs que me deram,mesmo uma só palavra de conforto e de verdadeira amizade.

  2. Carlos Freire

    E que agenda, hein Noleto?, com grande conteúdo para a categoria, insalubridade… melhores condições de trabalho, mas podemos chegar lá, o caminho Asfeto nos mostra, e trabalha para o bem comum dos associados e categoria.

  3. Claudio murilo

    E isso ai, nada de politiquismo barato, o negocio e tratar dentro da sefaz, parabens ao amigo noleto, e repudio ao sindifiscal com seu politiquismo sem futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *