Destaque, Geral

FISCO APREENDE MAIS DE 95 MIL REAIS EM MERCADORIAS

IMG-20180719-WA0078Uma nova operação especial de Fiscalização  foi realizada no período das 08:00 às 16:00 hs,  na ultima quinta-feira, 19, no Posto Fiscal Talismã, divisa com a cidade de Porangatu, Estado de Goiás, onde as diversas abordagens resultaram na apreensão de mercadorias que foram avaliadas em R$ 95.380,00, incluindo fertilizantes com documentação  inidônea com origem de São Paulo e Destino ao  vizinho Estado do Pará e outras infrações tributárias de evasão fiscal, após o pagamento e regularização os caminhões foram liberados.

A Blitz foi convocada pelos Supervisores Fiscais, Carlos Henrique Freire e Antonio Geraldo Alves de Oliveira que consideraram seus efeitos muito satisfatórios, pois quando a fiscalização intensifica a arrecadação aumenta devido a percepção de risco por parte de quem pratica crimes contra a ordem tributária.

IMG-20180719-WA0082Carlos Freire, Supervisor do Posto Talismã, informa a todos os contribuintes que antes de transportarem mercadorias procurem as agencias de atendimentos da Secretaria da Fazenda Estadual nos munícipios para emitirem suas notas fiscais e/ou tirarem suas duvidas quanto  aos documentos  necessários para o transporte, salientando ainda que essas operações serão rotineiramente implementadas nas unidades fiscais.

Participaram da Blitz, além dos Supervisores, o Auditor Fiscal Coordenador interino de Fiscalização da Delegacia Regional de Alvorada, José Divino Aires,  Auditor Salomão Coelho Pinheiro do Comando Volante, os Policiais Militares Tenente Lemos e Sargento Barbosa, Fiscais da Adapec-Agencia de Defesa Agropecuária e todos os integrantes de plantão da 3ª escala do Posto Fiscal Talismã.

6 Opiniões

  1. Antônio Geraldo

    Apesar das dificuldades estruturais e orçamentárias atuais por que passa o estado,pretendemos ,na medida do possível ,programar novas blitz,pois o caráter surpresa é uma forma de aplicar justiça aos infratores ,e aos contribuintes que andam de forma legal,justificando estes últimos .O que motiva a gente a executar estas ações,mesmo com tantos entraves,é a união e determinação dos colegas de vários órgãos,os quais demonstraram vontade em continuar agindo em programações assim. É uma forma de dar resposta positiva à sociedade legal,ante tantas desordens neste Brasil,e no demais,praticar justiça tributária !!

  2. SÉRGIO ROCHA LIMA

    Enquanto nós auditores perdemos noites de sono, aumentamos a arrecadação do estado de modo muito superior a inflação, o estado não reconhece nosso esforço, contrariando a constituição e relacionando nossos salários com os dos excelentíssimos governadores (que congelaram os seus salários para muito provavelmente não atualizarem os nossos),quando o correto pela lei seria fazer a relação com os dos meritíssimos desembargadores estaduais. Estou de posse de uma decisão de um excelentíssimo desembargador que obriga o estado a nos dar segurança nos postos fiscais,ou o estado não está cumprindo-s, ou entrou com algum recurso postergatório. No posto fiscal transamazônico a qual eu fui a poucos dias, nada de pms(antes haviam 3). Pelo que parece o estado só vai colocar pms,quando acontecer um assalto , uma discussão ou uma execução e termos um defunto dentro do posto(torço para que isso não aconteça). Conclamo a todos os auditores fiscais para dia 18 de agosto de 2018, se fazerem presentes na ‘nossa AGE'( porque foi pautada fora da diretoria do sindifiscal). É a nossa ‘chance de ouro’ de vasculhar a ‘caixa-preta’ de um sindicato que vem há vários anos,alternando sua presidência e diretoria da mesma panelinha(salvo raríssimas excessões), neste sindicato chamado sindifiscal!!!! Vamos lá gente! O fisco unido, por causas justas, jamais será vencido!

  3. Esse tipo de ação e atitude faz a diferença!
    Colegas denodados fazendo de seu trabalho um sacerdócio, comprometidos com resultados. Fazer discurso é fácil, executar as tarefas de modo correto requer experiencia e boa vontade. Parabenizo a todos os participantes por seus desempenhos, de modo especial o experiente Claudio Murilo que é um dos esteios da Asfeto no Sul do Estado, além, evidentemente, Carlos Freire, que encarna o bom discurso com ação, o nosso impagável amigo “Carlinhos”! Destarte, parabéns a todos participantes dessa operação!

  4. Claudio murilo

    Apesar da total falta de estrutura atual do posto fiscal do talismã desde 2010, nenhuma melhora da estrutura observamos o qual é a importancia de um posto fiscal em um estado consumidor e produtor tambem, unico modo de diminuir a sonegação é tendo postos fiscais nas fronteiras que fazem os sonegadores analisarem melhor seu modus operandi na tentativa de sonegar, assim podemos observar que a ideia de que a nota fiscal eletronica poderia controlar as saidas e entradas de mercadorias em um estado foi só um equivoco, a sonegação só poderá ser combatida fisicamente, com repressão que os postos fiscais trazem, parabens aos colegas presentes nessa operação.

  5. Ubiratan Carlos

    Gostaria de parabenizar toda equipe que atuaram nessa operação onde teve a participação dos órgãos Públicos Estadual na força tarefa SEFAZ- Secretaria da Estadual da Fazenda, Policia Militar e ADAPEC. tendo na Coordenação os Supervisores Carlos Freire e Antonio Geraldo e o apoio das Unidades Fiscais Posto Fiscal Talismã Entrada e Saída.
    Vale ressaltar, que durante os trabalhos empenhados na operação Blitz transcorreu dentro da normalidade em função do preparo dos funcionários envolvidos por conta de conhecerem a aplicabilidade das exigências da Lei.

    Ubiratan Carlos

  6. Carlos Freire

    Agradeço a colaboração de todos os colegas envolvidos nesta operação, Policiais, Adapec, confirmando a força da categoria que unida podemos vencer obstáculos, desafios, como já fizemos no passado, fazemos no presente para que no futuro o sol possa brilhar ainda mais para todos!

    Um bom final de semana a todos os colegas !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *