Destaque, Geral

ASFETO TRATA SOBRE CONDIÇÕES DE TRABALHO DAS UNIDADES FISCAIS COM SUPERINTENDENTES DA SEFAZ

foto-helder-x-wanderley-13-ago-211-e1629042322422-squareNa última quinta-feira, 12, e sexta-feira, 13, a ASFETO reuniu com os Superintendentes da Administração Tributária, Helder Francisco dos Santos e Superintendente da Administração, Kelma Lima de Sousa Rodrigues, para tratar sobre as condições de trabalho das unidades de Fiscalização da Secretaria da Fazenda.

Nesta reunião foram discutidos assuntos quanto a reformas e construção dos Postos Fiscais de Xambioá e de Filadélfia, importantes unidades fiscais necessárias ao controle do trânsito de Mercadorias no Estado.

O Superintendente, Helder esta empenhando todos os esforços para que estas obras de construção destes Postos Fiscais sejam realizadas o mais breve possível, mas informa que foram repassadas informações que ainda precisam ser resolvidas quanto a questões de ordem operacional e de infraestrutura para que se iniciem as obras.

foto-kelma-x-wanderley-ajustada-squareNo mesmo sentido, a Superintendente Kelma, nos disse que não medirá esforços para que juntos consigam dar andamentos nestes processos de construção, ao tempo que nos informou que uma equipe de força tarefa da Administração está cumprindo uma agenda realizando diversos serviços em todas as Regionais do Estado para pequenas reformas, consertos e manutenção nas unidades fiscais, Delegacias Regionais e Agencias de Atendimento de todo o Estado.

Quanto a comissão que está sendo criada para os levantamentos para emissão de laudos acerca das condições ambientais de trabalho das unidades fiscais,  recebemos informação que as atividades estavam paralisadas devido ao período de férias em que reduzem o números de servidores, mas que deverá dar continuidade nesta demanda a partir mês de setembro deste ano.

Não é demais lembrar que de forma pioneira a Associação fez um importante documentário sobre as condições de trabalho nos Postos Fiscais de todo o Estado relatando depoimentos de colegas com registro de fotos de cada local demonstrando o sucateamento e o péssimo ambiente e infraestrutura das unidades, em especial, do Posto Fiscal Filadélfia que funcionava em um trailler. Após o documentário ser entregue aos gestores da Secretaria da Fazenda e fazer a divulgação, esta unidade foi desativada (veja a matéria e o vídeo publicado à época no final deste texto há mais de 05 anos atrás, clicando no link).

A ASFETO, por meio de seu Presidente, Wanderley Noleto, agradece mais uma vez a forma educada, atenciosa e cortês em que foi atendida pelos Superintendentes, colocando se a disposição para o que for necessário para contribuir com a Secretaria da Fazenda, apresentando propostas, sugestões e colocando a Associação a disposição, posto que tem como uma das suas principais finalidades colaborar com a Administração Tributária, conforme previsão legal de seu Estatuto, artigo 2º, Inciso II.

MATÉRIA FECHAMENTO POSTO FISCAL FILADÉLFIA

POSTO-FISCAL-FILADELFIA-TRAILLER

DOCUMENTARIO-COMPLETO

2 Opiniões

  1. Antônio Geraldo

    A luta ,antigamente era uma batalha,em gestões anteriores , mas agora a luta é uma promessa,e atualmente sempre temos visto atitudes a favor das causas e colocação das coisas na prática ,efetivação. Cabe a ASFETO fazer a gestão de suas demandas,para seus filiados,o que tem feito muito bem,e cabe também cobrar junto a administração,demonstrando a necessidade e conversando de maneira a expor a administração a importância do cumprimento das solicitações. Ressalto que percebo que a cúpula da SEFAZ tem demonstrado de forma ímpar interesse para com as premissas do estado,da sociedade ,e assim,pertinente as propostas da ASFETO ,de modo que para o bem
    coletivo ,desde o fortalecimento que a ASFETO sempre buscou ,da atividade fiscal ,noto que Palmas volta os olhos para a mesa de conversas,demonstrando preocupação com as causas de interesse da administração,portanto do estado. Parabéns a ASFETO por sempre elaborar necessidades de demandas. Observe-se que agora ,diferentemente de outrora,pode a entidade esplanar o que entende a respeito da conjuntura ao qual estão todos nós envolvidos,e sobretudo em um ambiente em que os resultados do estado estão se concretizando.

  2. Maria Alves de Paula

    Que Deus esteja direcionando e abençoando suas negociações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>